segunda-feira, 16 de outubro de 2006

Do Desejo.


E por que haverias de querer minha alma
Na tua cama?
Disse palavras líquidas, deleitosas, ásperas
Obscenas, porque era assim que gostávamos.
Mas não menti gozo prazer lascívia
Nem omiti que a alma está além, buscando
Aquele Outro. E te repito: por que haverias
De querer minha alma na tua cama?
Jubila-te da memória de coitos e de acertos.
Ou tenta-me de novo. Obriga-me.

(Hilda Hilst)

Um comentário:

Nathy... Haunted disse...

oie..

Jah que passei aqui... Vou comentar..

( apesar de não ter o qeu falar)

O Blogg tah d+...

Adorei os textos, as fotos..

Aliás.. Adoro vc..

Vc sabe qeu eh uma pessoa muito espeical e qeu merece acima de tudo ser muito feliz...

Eu te desejo tudo de bom... mesmo...

E sempre que precisar .. de qualquer coisa...

Mesmo à distância...

Eu faço o possivel e impossivel pra judar..


e te espero aqui em ksa viw!!


Bjus!!


Nathy

 
;